Desperte sua Personalidade!
Chega de seguir o que os outros querem! Seja você mesmo!
início do site Envie um email para o autor
As várias formas de ilusão Capital Intelectual Conheça - e compre - as novidades tencológias                       Softwares relacionados Conspirações INTELIGÊNCIA: Caminhos para a Plenitude Artigos Tracking Observatório Nossa missão
Livro Inteligência
Sobre o Autor
Conteúdo
Comentários/Leitores
Trechos do Livro
Frases citadas
Bibliografia
Discussões
Compre aqui!
Cotidiano
Seja você mesmo!
Desprograme-se!
Sensação de vazio?
Sua liberdade
Rebele-se!
Filosofadas
Seja punk
Mundo de Ilusões
Mundo de Ilusões
Conspirações
Dreamland
Vídeos
Mundo estranho
Telescópio
Estranhos bólidos
Mundo engraçado
Sondas
Seção Ufologia
Referência
Diário da estrada
Viajadas do autor
Gente que faz

Em 1960 a empresa General Eletric construiu para o exército norteamericano uma máquina que parece ter saído da série Guerra nas Estrelas. Trata-se do "Walking Truck". Projetado por Ralph Mosher, um pioneiro da robótica, esta imensa máquina era capaz de transportar 227 Kg de carga, além do operador, e se movimentar com uma velocidade de até 8 km/h. A idéia era ter uma máquina que fosse capaz de atravessar trincheiras, terrenos alagados e outros obstáculos para transportar armas e suprimentos militares.


Movimentos esquisitos

Para movimentar esse monstro de 1363 Kg, com quatro metros de altura, foi instalado um motor a gás, de 90 HP. A potência do motor era transmitida para as pernas do robô através de sistemas hidráulicos. O problema é que nenhum movimento do robô era automático. Cada movimento precisava ser feito pelo operador a bordo. As "patas" da frente do robô eram controladas pelos braços do operador, e as de trás eram controladas com as pernas. Era muito trabalhoso controlar essa geringonça. O operador precisava ajustar doze controles, e foi necessário instalar espelhos na parte de trás da máquina para se saber em que posição as pernas estavam.

Com toda essa dificuldade de operação, a idéia foi abandonada, e o robô virou peça de museu.

Hoje em dia a tecnologia robótica está muito avançada, mas é curioso notar que no final dos anos 50 as forças armadas já desenvolviam mecanismos robóticos, coisa que para a população da época só existia nos filmes de ficção.




Você gostou deste assunto?

As pessoas vivem suas vidas sem se preocupar com o que acontece no mundo. Ficam confortáveis em suas casas, acreditando que através da televisão podem saber tudo o que acontece ao seu redor. Acreditam que se algo estranho estivesse acontecendo, elas já estariam sabendo. As pessoas vivem às sombras da realidade.

Se você quer saber mais sobre o mundo de ilusões em que vivemos, reserve um exemplar do livro Sombras da Realidade, de Everton Spolaor. Clique aqui para saber mais.



Comente este texto:

Para comentar o texto, preencha o formulário abaixo:

    Seu nome :
    Seu email :
    Comentário:





Copyright 2007 by Everton Spolaor
www.sombrasdarealidade.com.br


Início || redespot@yahoo.com.br