• INTELIGÊNCIA
  • PUBLICAÇÕES
  • PENSAMENTOS
  • INQUIETUDE
  • O AUTOR
  • DEPOIMENTOS
  • COMPRAR

  • Visite e curta nossa página no Facebook

    Everton Spolaor
    Sou um simples mortal que cultiva o constante aprimoramento do intelecto e que se esforça para tornar este mundo um pouco melhor. Seja bem vindo ao meu website.
    Fontes de Inspiração:
    Emerson, Einstein, Krishnamurti, Charles Darwin, Thoreau

    Read in english


    Não existe fluxo do tempo.
    Por Everton Spolaor

    Intuitivamente, todo mundo sabe o que é o tempo, ou pelo menos pensa que sabe.

    Mas se você tentar explicar a alguém, de forma clara, o que exatamente é o tempo, acabará descobrindo que esta não é uma tarefa fácil.


    "O que é, por conseguinte, o tempo? Se ninguém me perguntar, eu sei;
    se o quiser explicar a quem me fizer a pergunta, já não sei.”
    [Santo Agostinho]

    As pessoas têm o costume de falar em "linha do tempo", ou "fluxo do tempo". Elas imaginam que existe uma espécie de rio, sobre o qual viaja o presente. Ou seja, nós vivemos no presente, e o presente é como um barco que viaja no rio do tempo. Tudo que está para trás é o passado, e as águas que estão por vir são o futuro. Mas essa idéia parece estar redondamente equivocada. Vejamos...

    Curta nossa página no Facebook!



    Compre aqui
    o livro Inteligência: caminhos para a plenitude, de Everton Spolaor



    Imagine cinco cidades: A, B, C, D e E.
    Imagine também um carro que sai da cidade A, passa pela cidade B, depois pela C e assim sucessivamente. A noção de movimento ficou bem clara neste exemplo, certo? É fácil verificar que existe um fluxo aqui.

    Agora imagine cinco momentos subsequentes: A, B, C, D e, adivinhe só, E.
    Imagine que são cinco instantes imediatos. Por exemplo, o instante B ocorre um milésimo de segundo depois do instante A. O instante C ocorre um milésimo de segundo depois do instante B, e assim sucessivamente. Imagine também que você está no instante B. Oras, se você está no momento B, isso significa que o instante A já é coisa do passado, e que os demais instantes são eventos do futuro. Então, Assim, estamos analisano um evento que começou no instante A, passou pelo instante B (onde você está agora) e está "indo" para o instante C, depois "irá" para o D, e assim por diante. A princípio temos a impressão de que há algo se movendo, de que o momento presente está se movendo entre os instantes. Mas vamos pensar melhor.

    A nossa consciência existe somente no momento presente. Assim sendo, nossa consciência só existe no "agora", no instante B deste exemplo. Mas para um observador que estivesse no instante "A", o momento presente seria "A", não "B". Entendeu? Não? Então vamos voltar ao exemplo do carro para entendermos melhor.

    Imagine que o carro está na cidade B. Tudo bem? Se o carro está na cidade B, então um observador na cidade A dirá que o carro está na cidade B, certo? Já um observador que estiver na cidade B dirá que o carro está na cidade B. Um observador que estiver na cidade C dirá, também, que o carro está na cidade B. Um observador que estiver na cidade D dirá, também, que o carro está na cidade B. Enfim, todos os observadores dirão que o carro está na cidade B. Mas veja agora o que acontece quando olhamos para o suposto movimento do tempo, ao invés de olharmos para o movimento do carro. Se estamos no instante B, um observador no instante B diria que o presente é o momento B. Até aqui, tudo certo. Mas agora considere o que acontece com um observador que esteja em outros pontos. Um observador que estiver no instante A dirá que o momento presente é o momento A, e não o B, porque para ele, o B é um evento futuro. Um observador no instante C diria que o momento presente é o momento C, e assim sucessivamente. Não existe nada se movendo. Cadê o conceito de fluxo do tempo? Simplesmente não existe. Para que a idéia de fluxo do tempo fizesse algum sentido, este fluxo deveria ser relativo a algum ponto de referência externo. Este ponto externo, porém, precisaria ter outro ponto de referência mais externo ainda, e assim sucessivamente em infinitas repetições. Então, esse negócio de fluxo do tempo, como eu disse, só existe na nossa imaginação.

    Faz muito mais sentido pensarmos em universos paralelos, ou em um multiverso, no qual existem vários "agoras". Quando a gente pensa em um multiverso, e não em uma linha infinita de tempo, até passa pela nossa cabeça que talvez exista uma explicação racional para estes casos esquisitos de pessoas que sonham com algo que realmente vem a acontecer dias depois. Mas para discernir sobre isso eu precisaria de mais tempo, coisa que agora não tenho muito sobrando.

    Um abraço!

    Everton Spolaor

    Curta minha página
    no Facebook:

    Curta a página de Everton Spolaor no Facebook


    Livro INTELIGÊNCIA
    Receba em sua casa.
    Frete grátis!
    Adquira um excelente
    livro por apenas
    R$ 30,00.



    Comentários dos visitantes

    From: "Fausto" [fausto.mancio@gmail.com]
    Date: Thu, May 14, 2009 4:14 am

    Indo mais fundo no negócio (sem maldades), eu acho que o tempo "não existir", pelo menos da maneira que a gente ve ele, é a única explicação para a existência de TUDO. Poxa, convenhamos, a teoria do Big Bang é no mínimo meia-boca, pra ter ocorrido aquela explosão, teria que existir algo antes,, como os cientistas nunca falam disso?? é como se do NADA, tudo explodisse e formasse o universo? Meio estranho. Acredito que o tempo como a gente ve seja uma ilusão, mas da verdade verdadeira (se é que existe uma só, ou se é que existe ALGUMA) eu não sei.



    Comente este texto:

    Para comentar o texto, preencha o formulário abaixo:

      Seu nome :
      Seu email :
      Comentário:



    xxxxxxxxx

    Conheça o meu primeiro livro:

    INTELIGÊNCIA:
    Caminhos para a Plenitude
    Desenvolva uma mente mais criativa

    Muito além do Q.I., a verdadeira inteligência é aquela que dá ao homem o poder de modificar o ambiente através de idéias que foram formadas pelo livre pensamento e que não estão presas à pujança dos instintos animais. Através do encadeamento de idéias busquei elaborar uma obra espirituosa, objetiva e eficaz no sentido de despertar nas pessoas aquilo que a Natureza, em sua intangível sabedoria, nos concedeu de mais valioso: o poder de pensar.


    Gostou deste site?


    Copyright 2007 by Everton Spolaor
    www.sombrasdarealidade.com.br


    Início || Contato com o autor: evertonlspolaor@yahoo.com.br