Livro Inteligência
Sobre o Autor
Conteúdo
Comentários/Leitores
Trechos do Livro
Frases citadas
Bibliografia
Discussões
Compre aqui!
Cotidiano
Seja você mesmo!
Desprograme-se!
Sensação de vazio?
Sua liberdade
Rebele-se!
Filosofadas
Seja punk
Mundo de Ilusões
Mundo de Ilusões
Conspirações
Dreamland
Vídeos
Referência
Diário da estrada
Viajadas do autor
Gente que faz
Everton Spolaor
Sou um simples mortal que cultiva o constante aprimoramento do intelecto e que se esforça para tornar este mundo um pouco melhor. Seja bem vindo ao meu website.
Fontes de Inspiração:
Emerson, Einstein, Krishnamurti, Charles Darwin, Thoreau

Eficiência versus eficácia

Há alguns anos eu conheci uma pessoa que, para demonstrar a "grandiosidade de sua cultura", costumava perguntar para todo mundo: Você sabe qual é a diferença entre eficiência e eficácia ? É óbvio que poucas são as pessoas que sabem exatamente o que existe de diferente entre estas duas definições, visto que são palavras inicialmente utilizadas na Engenharia e na Física, e que posteriormente foram associadas a alguns conceitos administrativos.

Ou seja, pra quê alguém precisa saber a diferença entre eficiência e eficácia? Será que quem sabe a resposta é uma pessoa culta, e quem não sabe é um ignorante? É claro que não. Ignorante é quem pensa que duas ou três perguntas idiotas como esta são suficientes para avaliar o nível cultural de um indivíduo.

Hoje em dia, há uma tendência ridícula de certas pessoas nos ambientes administrativos de utilizar palavras "modernas", como resiliência ou sinergia. Oras; quando uma pessoa realmente culta utiliza estas palavras com propriedade, é algo digno de apreciação. Nada mais legal do que ouvir o parecer de alguém que realmente sabe das coisas. Mas quando um pseudo-intelectualóide da vida (ou, em outras palavras, um xarope metido a sabe-tudo) faz questão de usar estas palavras só para dar a entender que é muito sábio, está em verdade apenas demonstrando o quanto é ridículo.


Mas porquê será que aquele sujeito fazia questão de perguntar a todos a diferença entre eficiência e eficácia? Será que era para humilhá-las? Será que por causa dessa atitude ele pode ser considerado como um mau-caráter? Não, claro que não. No fundo, é uma boa pessoa. O problema é que é muito insegura, não tem firmeza em suas convicções, possui um forte sentimento de inferioridade, e para se sentir melhor precisa rebaixar as outras pessoas. Tal atitude no ambiente de trabalho é prejudicial para quem a pratica, é prejudicial para o clima no departamento e é prejudicial para a empresa. Então, como alguém pode se julgar uma pessoa culta, se faz algo tão idiota assim?

Outro hábito que os pseudo-intelectualóides têm é o de usar títulos em inglês para textos em português. Por exemplo, ao enviar um email contendo o resultado do cálculo de retorno de investimento de um determinado projeto, o sujeito coloca no título as iniciais "ROI" (de "Return Of Investiments"). Ah! Espera aí! Se você quer usar a língua inglesa, então envie o texto inteiro naquele idioma. É coisa de tonto colocar o título em inglês para um texto em português. O mesmo se aplica para quem inicia um email com a expressão "FYI" (de "For Your Information"). Putz! Se você está escrevendo em português, para um colega brasileiro que também fala e escreve em português, por quê diabos não inicia com PSI (de "Para Sua Informação")? Não... tem que enfiar uma porcaria de sigla em inglês, só para mostrar que aprendeu direitinho a escrever palavrinhas em outro idioma.

Pois é, meus caros amigos, hoje em dia qualquer pessoa tem acesso fácil à informação e ao conhecimento. Para tornar-se uma pessoa culta, basta ter interesse e tempo disponível. É uma pena que muitas pessoas acreditem que dá pra pegar um atalho e adquirir cultura apenas decorando meia dúzia de definições que não servem pra nada.



From: "marilia."
Date: Tue, August 12, 2008 11:51 am

Bom, eu acredito ki essa pergunta. qual a diferênça entre eficiência, e eficácia, não eh uma pergunta idiota.muitas pessoas não sabem, e pelo visto vc nao se interessa em saber, e por isso digo que vc, não em nem um pouco eficiênte, e muito menos, menos mesmo...Eficáz. bjusespero ki goste do comentário...

    De: Everton

    Ham... Cara Marilia, obrigado por seu comentário. Vou procurar ser mais eficiente, como você disse, ou mais "eficiênte", como queira. Obrigado.

From: "Maísa" [maisa.de.gioia@hotmail.com]
Date: Thu, December 4, 2008 4:32 pm

Essa Marilia é um exemplo claro de "pseudo-intelectualóide da vida", mal entendeu o objetivo do texto. Não lembro de ler que "diferenças entre eficiencia e eficácia" é uma pergunta idiota! O texto está apenas fazendo uma critica (muito construtiva) aos que se julgam extremamente inteligentes e cultos por usar palavras "dificeis", alertando sobre os maleficios de uma postura "esnobe" no ambiente corporativo.
No meu ponto de vista, o texto foi super eficaz! =P Adorei!

From: "Jennifer" [jennifer.itj@hotmail.com]
Date: Tue, September 15, 2009 3:35 pm

Olá, boa tarde.Nossa eu adoro os textos e não acho nenhum pouco idiotas. Bem eu acho que a moça se sentiu ofendida com o assunto do texto. Adorei esse site.
Bjs

From: Silvia Martins [sil_dri@hotmail.com]
Date: Segunda-feira, 27 de Setembro de 2010

Eu estava buscando no google o significado de FYI pq tem uma pessoa que me manda e-mail assim, queria saber pq serve...realmente tem muita gente que faz perguntas decoradas pra se sentir melhor que os outros, tive um gerente que decorava expressões em inglês ( que pela acentuação dele, vc percebia que ele NÃO dominava o idioma) só pra se sentir menos inferior a pessoas que falavam bem...ridículo.
Parabéns, seu texto demonstra bem o perfil de pessoas inseguras e "pseudos- intelectualóides"! Quem trabalha com pessoas com ego inflado e que precisam sempre se auto-afirmar, sabe bemmmm o que vc falou...
Agora quanto a colega que nem leu direito o texto, lamentáveell...mais esperar o que de quem escreve "ki" ao invés de que e acentua diferença e eficiente (!!) Uiiiiiii que medaaa! Hehehe





Comente este texto:

Para comentar o texto, preencha o formulário abaixo:

    Seu nome :
    Seu email :
    Comentário:




Conheça o meu primeiro livro:

INTELIGÊNCIA:
Caminhos para a Plenitude
Desenvolva uma mente mais criativa

Um livro destinado às pessoas que desejam ampliar aquilo que a Natureza, em sua intangível sabedoria, nos concedeu de mais valioso: o poder de pensar.

Se tivesse que escolher um único elemento que viesse a ser distribuído entre todos os homens, eu não escolheria dinheiro, nem amores e nem mesmo saúde. Desejaria que o homem tivesse uma maior inteligência. É certo que o mundo seria muito mais justo e que a vida se desenrolaria com uma qualidade superior se nos relacionássemos com pessoas mais cultas, mais sábias.


Gostou deste site?

Copyright 2007 by Everton Spolaor
www.sombrasdarealidade.com.br


Início || evertonlspolaor@yahoo.com.br