Publicações
Inteligência
Reflexões
Contato
Loja Virtual
Livro Inteligência
Sobre o Autor
Conteúdo
Comentários/Leitores
Trechos do Livro
Frases citadas
Bibliografia
Discussões
Compre aqui!
Inteligência
Seja você mesmo!
Desprograme-se!
Sensação de vazio?
Pensar profundo
Tergiversações
Filosofadas
Seja punk
Q.I. 180 pontos
Amplie seu Q.I.
Efeitos paralelos
Sábias conversas
Inglês autodidata
O fluxo do tempo
Caminhos do Sucesso
Solidão
Arrogância
É a vida curta?
Referência
Diário da estrada
Textos de Everton
Ufologia
Sobre o autor
Everton Spolaor
Sou um simples mortal que cultiva o constante aprimoramento do intelecto e que se esforça para tornar este mundo um pouco melhor. Seja bem vindo ao meu website.
Fontes de Inspiração:
Emerson, Einstein, Krishnamurti, Charles Darwin, Thoreau

Os dois únicos caminhos para o sucesso profissional
por Everton Spolaor - outubro de 2011

Para alcançar a excelência profissional existem dois - e somente dois - caminhos:

O caminho da imitação e o caminho da criação.

Quem percorre o caminho da imitação é como aquele que, na esperança de aprender a tocar piano limita-se a observar os movimentos dos dedos de um pianista profissional para então tentar imitá-lo. Já o viajante do caminho da criação é como um aluno prudente que pelo estudo e pela força do intelecto compreende a estrutura das melodias e as domina por completo. Em ambos os casos, será possível tocar piano. No entanto, o primeiro método irá trazer resultados medíocres, permitindo ao aprendiz tocar tão somente aquilo que já é conhecido, e com qualidade inferior à original. Já o aprendiz que utilizar o método da mente criativa poderá não apenas reproduzir as melodias conhecidas com igual ou superior qualidade, mas também criar seu próprio estilo e suas próprias composições.


Visite o perfil de Sombras da Realidade no Facebook!



Compre aqui
o livro Inteligência: caminhos para a plenitude, de Everton Spolaor




Similar ao aprendizado musical, assim é o desenvolvimento de uma carreira de sucesso.

Podemos afirmar que o caminho da imitação é similar a uma estrada ampla e segura, onde tudo o que se tem a fazer para chegar com segurança ao destino é seguir as diversas "placas" que indicam as ações que todo profissional deve tomar, tais como "aprenda outro idioma", "faça uma pós-graduação" e assim por diante.

Este caminho costuma ser percorrido por trabalhadores comuns, por gestores comuns e por líderes comuns que, por comodismo, conveniência ou por fraqueza de intelecto seguem fielmente todas as normas e procedimentos elaborados por outras pessoas, não ousando sair do trajeto predeterminado.

Já o caminho da criação corresponde a uma trilha estreita e sinuosa, repleta de recantos obscuros e de trechos onde simplesmente não é possível detectar trilha alguma, tamanha é a selva de possibilidades incógnitas. Por exigir características tais como coragem, determinação, autoconfiança e inteligência, este caminho é percorrido somente por verdadeiros desbravadores, por pessoas que não vieram ao mundo para serem meros seguidores de idéias preconcebidas.

Em qual estrada você está?
A sua mente possui características de um imitador ou é predominantemente criativa?

Sabemos que é certo que todo homem que jamais enfrentou um grande desafio, apenas passou pela vida, não viveu. Apesar de ser muito mais fácil seguir pela estrada dos imitadores, a verdade é que quem a segue está mais para marionete que para um homem propriamente dito. Se quisermos desenvolver todo nosso potencial e se queremos ser verdadeiramente homens, e não apenas bonecos manipuláveis, precisamos parar de imitar, de seguir os outros. Cada homem deve ser ao mesmo tempo seu próprio mestre e seu próprio aprendiz.

Mas como se desenvolvem as mentes criativas? De onde surgem os pensamentos e ideias revolucionárias como as de Bill Gates e Charles Darwin? Estas pessoas são geniais por natureza ou existe algum elemento particular que qualquer pessoa pode adquirir para se tornar criativa e genial?

Através do estudo das diferentes estruturas de pensamento que determinam resultados geniais ou pífios nas tomadas de decisão, o engenheiro mecânico Everton Luiz Spolaor identificou os cinco elementos que sempre se fazem presentes nos homens de inteligência elevada e que não existem, ou que se mostram muito fracos, nos homens de inteligência comum. Em seu livro "Inteligência: caminhos para a plenitude", Spolaor demonstra como incorporar estes elementos ao raciocínio diário. Quando bem utilizados, eles podem induzir uma pessoa alienada a despertar sua mente para as mais profundas verdades, podem transformar um funcionário comum de uma empresa em um poderoso executivo, podem capacitar um jovem desorientado a se tornar um notável criador de ideias ou fazer uma simples dona de casa produzir obras fantásticas no campo das artes, da ciência ou da literatura.

Adquira um exemplar autografado deste espirituoso livro acessando o site www.sombrasdarealidade.com.br.

Grande abraço a todos.

Everton Spolaor - Autor do livro "Inteligência: caminhos para a plenitude"
www.sombrasdarealidade.com.br


Comentários dos visitantes

Seja o primeiro a comentar!



Comente este texto:

Para comentar o texto, preencha o formulário abaixo:

    Seu nome :
    Seu email :
    Comentário:




Conheça:

INTELIGÊNCIA:
Caminhos para a Plenitude
Desenvolva uma mente mais criativa

Um livro destinado às pessoas que desejam ampliar aquilo que a Natureza, em sua intangível sabedoria, nos concedeu de mais valioso: o poder de pensar.

Se tivesse que escolher um único elemento que viesse a ser distribuído entre todos os homens, eu nío escolheria dinheiro, nem amores e nem mesmo saúde. Desejaria que o homem tivesse uma maior inteligência. É certo que o mundo seria muito mais justo e que a vida se desenrolaria com uma qualidade superior se nos relacionássemos com pessoas mais cultas, mais sábias.


Gostou deste site?

Início || Contato com o autor: evertonlspolaor@yahoo.com.br